whophysicalactivity

Global Action Plan on Physical Activity 2018-2030

O Coletivo ZEBRA no lançamento mundial do Plano de Ação da OMS para Promoção da Atividade Física (GAPPA 2018-2030), em 4 de junho, na Cidade do Futebol / Estádio Nacional


logo-Coletivo-Z_bilingue

Tedros Adhanom Gebreyesus
O DIRETOR-GERAL DA OMS EM ENTREVISTA AO JZ:
“Não podemos esperar mais, todos precisamos de atividade física”


Ler mais

DUETOS JZ: O GAPPA E O PNPAF
João Breda (Organização Mundial de Saúde – Europa) e Pedro Teixeira (Plano Nacional de Promoção da Atividade Física da Direção-Geral de Saúde)


Ler mais

Fernando Araújo, Secretário de Estado Adjunto e da Saúde
“A falta de atividade física custa ao país centenas de milhões de euros”


Ler mais

Fiona Bull, consultora da OMS:
”Começou um movimento social para a atividade física”


Ler mais

Bronwen Thornton, diretora de Desenvolvimento na Walk21:
“Cidades em que as pessoas se sintam seguras e confortáveis para caminhar”


Ler mais

ANTÓNIO COSTA (Primeiro-Ministro)

“Já tivemos o tempo da
construção de centros desportivos,
hoje o desafio é outro e é mais
simples: É fazer de cada rua um
local para a prática de uma vida ativa
e saudável”.

Click Here

PEDRO GOUVEIA (Coord. Plano de Acessibilidade Pedonal da Cidade de Lisboa)

“Promover o modo
pedonal não é retirar a liberdade às
pessoas que querem usar o carro. É
dar igual liberdade a quem anda a
pé”.

Click Here

FRANCISCO GOIANA DA SILVA (Gestor de áreas de inovação, Ministério da Saúde)

“Está na altura de
termos um Ministério realmente da
Saúde, que está comprometido em
promover a saúde e prevenir a
doença”.

Ver vídeo

ADALBERTO CAMPOS FERNANDES (Ministro da Saúde)

”Somos um país onde podem ser experimentadas as boas políticas [da OMS]. A saúde está presente em todas as políticas”


Click Here

Global action plan on physical activity 2018–2030

Mais Pessoas Fisicamente Ativas para um Mundo mais Saúdável
Plano de Ação Global para a Atividade Física >>>


Uma visão para um mundo mais ativo

Está provado que a prática regular de atividade física contribui para
a prevenção e tratamento das doenças crónicas não transmissíveis
tais como doença cardíaca, acidente vascular cerebral, diabetes,
cancro da mama e cancro do cólon. Também ajuda a prevenir a
hipertensão, excesso de peso e obesidade e contribui para a saúde
mental, melhoria da qualidade de vida e bem-estar.

Ler mais

Objetivo: reduzir a inatividade física

Apesar disso, o mundo está a tornar-se menos ativo. À medida que
os países se desenvolvem do ponto de vista económico, os níveis
de inatividade aumentam. Em alguns países, podem atingir os 70%,
devido às mudanças nos meios de transporte utilizados, aumento
do uso de tecnologias, valores culturais e urbanização.

Ler mais

A atividade física tem muitos benefícios de saúde, sociais e económicos

Não agir no sentido de aumentar os níveis de atividade física
levará ao aumento dos custos, com um impacto negativo nos
sistemas de saúde, no ambiente, no desenvolvimento económico,
bem-estar da comunidade e qualidade de vida.

Criar sociedades ativas

O novo plano de ação global de promoção da atividade física dá
resposta às solicitações dos países sobre orientações atualizadas,
e um quadro de ações políticas efetivas e viáveis para aumentar
a atividade física a todos os níveis. O plano estabelece quatro
objetivos e recomenda 20 ações políticas que são universalmente
aplicáveis a todos os países e abordam os múltiplos determinantes
culturais, ambientais e individuais da inatividade.

Ler mais

Atividade físicaHá muitas formas de
realizar atividade física
– caminhar, andar de
bicicleta, nadar, praticar
desporto, brincar de
forma ativa e envolverse
em atividades
recreativas – e muitas
oportunidades e
contextos para o fazer.Saber mais
O que vai a OMS fazer?A OMS apoiará os países a implementar abordagens integrando todos os parceiros em cada comunidade ou
território, visando o aumento da atividade física em pessoas de todas as idades e capacidades.
A coordenação e capacidade aos níveis global, regional e nacional serão reforçadas para responder às
necessidades de apoio técnico, inovação e orientação.Saber mais
Soluções integradas para a inatividade físicaEste plano de ação global oferece um roteiro integrado
e sistémico para todos os países, a fim de possibilitar
ações nacionais e locais para aumentar a atividade
física e reduzir o comportamento sedentário.Saber mais





ANDAR A PÉ MUDA TUDO: São muitas as razões para andar a pé e outras tantas as motivações.

A ABRIR CAMINHO: O que a Ciência nos explica sobre os benefícios de andar a pé. São cada vez mais robustos os argumentos.


Facebook


Youtube

Coletivo Zebra

© All rights reserved

Coletivo Zebra